Para a Abong, a solução para a crise econômica, ambiental e social que assola o Brasil só virá com a união de todos e em torno do fim das desigualdades, que é algo gritante na sociedade brasileira. A organização também chama a atenção para a inclusão e acesso às políticas públicas, principalmente para a população que foram historicamente excluídas, como pobres, negros, etc.

Por fim, a organização chama suas associadas e a sociedade civil para decidir a favor da democracia, dos direitos e da paz, e reiterou que o próximo governo deverá se comprometer com a ampliação e radicalização da democracia, buscando participação de toda a sociedade civil, não apenas a maioria.

Confira a nota na íntegra clicando aqui.