Notícias

Documentário “Que bom te ver viva” tem sessão no CCLF

Na próxima quinta-feira (05), o Centro de Cultura Luiz Freire vai receber uma sessão gratuita do filme Que Bom te Ver Viva, da cineasta Lucia Murat. A exibição, que tem início às 19h, faz parte da programação da 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul – Projeto Democratizando. O filme foi escolhido de dentro do catálogo da Mostra pela Federação Pernambucana de Cineclubes – Fepec, contemplada como um dos pontos de exibição. A sessão do longa será seguida de debate com convidados.

O longa-metragem “Que bom te ver viva”, de 1989, foi premiado como Melhor Filme no Festival de Brasília, um dos mais importantes do país, em seu ano de lançamento. O documentário reúne depoimentos de oito mulheres integrantes da militância de esquerda do Brasil no período da ditadura militar. Os depoimentos, que relembram prisões e torturas, são dados pelas próprias mulheres, parentes, amigos e colegas. A narrativa intercala estas falas com imagens datadas do período abordado pelo filme – final dos anos 1960 e início dos anos 1970 – e com material jornalístico dos Anos de Chumbo.

O filme é o primeiro longa-metragem da diretora Lucia Murat, que foi, ela própria, presa e torturada durante a ditadura militar. Quinze anos depois, em 2004, retoma o tema com a ficção Quase Dois Irmãos, somando cerca de 10 títulos em sua filmografia. A nona edição da Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul tem como tema o Direito à Memória e Verdade e escolheu a cineasta como a homenageda deste ano, tendo quatro de suas obras circulando o país dentro da programação. A Mostra é organizada pelo Governo Federal através da Secretaria de Direitos Humanos em parceria com o Ministério da Cultura.

O Projeto Democratizando abre inscrição para espaços não consolidados como salas de cinema se disporem a receber os kits com os filmes do festival, almejando o alcance das obras em locais com poucas ou nenhuma sala de cinema. A exibição contempla a opção de audiodescrição, destinada a pessoas com deficiência visual, closed caption para os deficientes auditivos, e cinco legendas para o público estrangeiro residente no país.

Serviço

Exibição de Que bom te ver viva, de Lúcia Murat

Quando: Quinta-feira,, 05, às 19h

Onde: Centro de Cultura Luiz Freire (Rua 27 de Janeiro, 181, Carmo – Olinda)

Entrada Gratuita