Notícias

CCLF anuncia resultado da seleção para sua comunicação institucional

CCLF-face-resultado-selecao-abril-2016Ao retomar suas atividades em 2016, o Centro de Cultura Luiz Freire passou a se planejar para os grandes desafios que se apresentam para a entidade atualmente. Dentre eles, o de se fortalecer institucionalmente para prosseguir, aprofundar e ampliar a sua incidência junto à sociedade pelos Direitos Humanos e pela Democracia.

O CCLF também vem consolidando uma rede de parcerias com – e entre – coletivos, entidades, movimentos sociais e agentes culturais locais. Consideramos a cultura um direito e acreditamos no seu potencial multiplicador para a promoção dos Direitos Humanos e de vivências democráticas na fruição dos Bens Comuns.

Tal contexto implica na centralidade estratégica da Comunicação Institucional em nossa ONG. Diante da inexistência em nosso quadro de uma profissional dedicada às demandas da área, nossa equipe decidiu pela contratação de alguém que não apenas tivesse a capacidade de assumi-la, mas também pudesse compartilhar das responsabilidades com as quais temos de arcar na manutenção da atividade de uma instituição com mais de 43 anos de história.

Quando anunciamos nosso processo seletivo, não imaginávamos que teríamos uma manifestação tão massiva de interesse pela vaga. Foram mais de 250 pessoas que se candidataram para preenchê-la. Felizmente, não faltaram nomes que atendessem às nossas expectativas, com experiência profissional expressiva e alinhamento à nossa missão institucional, o que serviu para dificultar ainda mais nosso trabalho de seleção.

Durante a etapa de entrevistas, tivemos a oportunidade de conhecer dez pessoas. Dez rostos. Dez vozes. Dez histórias de vida representativas dessa população de profissionais que se encontrava disposta a formar elos com o Centro de Cultura Luiz Freire. Pudemos ouvir os planos e experiências de gente de diferentes gerações e a primeira conclusão à qual chegamos após esse processo não poderia ser mais feliz: enxergamos o potencial construtivo de todas e todos e ansiamos por agregá-lxs em nossas ações e projetos. Fortalecendo-nos, e também à sociedade, mutualmente.

Porém, há apenas uma vaga na nossa Comunicação Institucional para contratação.

E a nossa decisão foi pela jornalista Rosa Sampaio. Graduada em Relações Públicas e em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco desde 2004, Rosa acumula vasta experiência em projetos sociais do terceiro setor. Especialmente na promoção e incidência pelo direito da criança e de adolescentes das periferias à comunicação durante os quinze anos em que integrou a Auçuba. Acreditamos que suas qualificações, tanto em assessoria quanto com comunicação comunitária, e os anos de atendimento a um público tão semelhante ao da nossa instituição validam a escolha feita pelo Centro de Cultura Luiz Freire através da sua seleção.

Assim como todxs que integram o CCLF e sua rede de parcerias, a “Cultura em Nós”, o fortalecimento da ação de Rosa Sampaio em nossa comunicação institucional depende também da integração da sociedade ao nosso Centro de Cultura, em atividades artísticas e políticas, além da manutenção e fomento do diálogo com pessoas e coletivos que se identificam com a missão de promover, conjuntamente, os Direitos Humanos, a Educação, a Cultura e a Democracia.