TV Viva

A TV VIVA, produtora que integra o Programa de Comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire ( CCLF), foi criada em 1984 como a primeira televisão a céu aberto das Américas. Desde então produziu quase dois mil vídeos, entre infantis, documentários, ficções, vídeo-clipes, animações, alguns deles vencedores de festivais como o III Vídeobrasil, em 1985, o 9o e o 11o. Festival Internacional del Nuevo Cine Latino-Americano, Cuba, em 1987 e 1989, o 6o.e o 7o. Festivais de Canela, em 1990 e 1991, o 15o.Festival Guarnicê, de 1992, a Olympiade de Vídeo, de 1992, França, o Cristina Tavares de 1999, Pernambuco, o documentário Iroco ganhou o terceiro prêmio na V Muestra de Imagen Comunitária, Imacom 2007, realizada em Havana- Cuba.

Durante 10 anos, entre 1984 e 1994, a TV VIVA produziu e exibiu, em 24 bairros da Região Metropolitana do Recife, um programa mensal com cerca de uma hora de duração, formado por um bloco infantil, um tele-jornal, uma reportagem sobre comportamento, um documentário ou ficção e um programa cultural.

Entre dezembro de 1994 e abril de 1996, a TV VIVA realizou o programa semanal Tela Viva, transmitido através da TV Universitária, canal 11, integrante da Rede Educativa, todos os domingos, entre 18 e 19 horas. O programa era um debate temático com jovens de escolas públicas e privadas, animado por um pequeno vídeo sobre o tema da semana.

Entre janeiro e outubro de 1998, a TV VIVA produziu o Som da Nota, programa cultural, com base na produção musical pernambucana, transmitido pela TV Jornal, canal 2, integrante da Rede SBT, todos os sábados, de 13 às 14 horas.

Entre março de 2001 e dezembro de 2002, a TV VIVA produziu e exibiu em 36 bairros de Recife, a TV Matraca, uma tv comunitária de rua que apresentava um programa gravado e transmitia ao vivo pelo telão o que os grupos culturais das comunidades produziam para o dia da exibição. 

Um dos blocos da  programação da TV Matraca era o “Meu Bairro é o Maior”, no qual um(a) personagem de determinada comunidade percorria seu bairro entrevistando figuras de relevo artístico, religioso, social e/ou político e mostrando o que de mais interessante e vigoroso havia na sua comunidade, no passado e no presente. 

Com esse bloco a TV VIVA produziu 15 documentários sobre bairros populares do Recife, cumprindo um objetivo que traçou desde sua fundação: participar dos movimentos sócio-culturais de Pernambuco, documentando e divulgando as ações e produções de artistas, grupos e comunidades do Estado, na Região Metropolitana e no interior.

A TV Viva também  veiculou programas na TV Cultura, TV Gazeta, TV Bandeirantes, Channel 4, Antenne 3 e na TV Universitária, canal 11, de Recife.  

Entre 1999 e 2005 a TV VIVA teve uma parceria com o Programa de Gestão Pública e Cidadania da Fundação Getúlio Vargas – FGV, de São Paulo, através da qual produzimos 12 documentários temáticos sobre iniciativas de poderes públicos de todo o país que são inovadoras e têm bom resultado social em diversos campos – educação, saúde, cultura, criança e adolescente, gestão participativa, mulher, agricultura familiar, consórcios municipais, reciclagem de resíduos sólidos e líquidos, cooperativa agrícola.

Também há vários anos a TV VIVA produz documentários com entidades que atuam no Semiárido brasileiro, todas elas vinculadas à ASA – Articulação do Semiárido do Brasil e/ou à ANA- Articulação Nacional de Agro-Ecologia, além de vídeos para o Projeto Dom Helder Câmara e as Secretarias de Reordenamento Agrário e do Desenvolvimento Territorial, ambas do Ministério do Desenvolvimento Agrário. 

Toda a produção audiovisual da TV Viva que já foi digitalizada pode ser encontrada no Canal do YouTube. Clique aqui!

AGENDA CULTURAL

Confira nossos próximos eventos e anote em sua agenda para não perder nada!

No events found

CONTRIBUA!

Seja agente da mudança, faça doações para o CCLF.

MOBILIZE-SE!

Assine abaixo-assinados, engaje-se em ações e participe de cotas.

TRANSPARÊNCIA!

Não tenha dúvida, somos realmente engajados e podemos provar.

PARCEIRO QUE É PARCEIRO, CHEGA JUNTO

Ainda não é parceiro? Entre em contato e junte-se a nós nessa luta!

ENTRE EM CONTATO

11 + 8 =

VENHA NOS VISITAR

CCLF