Notícias

FEPEC promove noite de cine debate no CCLF

cinema libertário - cartaz digital

Nesta Terça (31/05), a partir das 19 horas teremos mais um Encontro de Formação, desta vez com o Cinema Libertário. Serão apresentados os filmes Para Mudar Tudo: Um chamado anarquista (7’32” – 2014) e Corpo Transgressão (28’14” – 2015). Após a exibição teremos debate com integrantes dos coletivos Coiote e Distro Dysca. Estão todxs convidadxs. Entrada Gratuita.

 Sinopses do Vídeos:

Para Mudar Tudo: Um chamado anarquista 7’32” – 2014.

Poderíamos passar o resto da vida tentando apagar cada foco do incêndio que consome o mundo hoje, um por um, mas eles ainda continuariam a vir da mesma fonte. Nenhuma reforma parcial vai adiantar; precisamos repensar tudo de acordo com uma lógica diferente. Para mudar tudo, comece por todos os lugares.

Corpo Transgressão 28’14” – 2015.

A evidência de modos de ocupação do território que confrontam a transformação da cidade em pós-metrópole, a partir das ações do Bloco Livre Reciclato, Coletivo Coiote e o uso da tática Black Bloc no contexto das manifestações de junho de 2013.

Tempo total: 35’46” exibição.

 Debate
Sobre a mesa teremos duas pessoas para o debate, uma integrante do Coletivo Coiote e colaboradora do filme Corpo Transgressão e Uma colaboradora da Distro Dysca.

Distro Dysca: “Tendo em vista que todo tipo de trabalho que sirva à Máquina tem seu potencial específico para subverter, pensamos ser esta uma potência mui prazerosa, por isto, nada mais somos que apenas um simples e perigoso menu para a diversão.”

Coletivo Coiote: Realiza ações que visam o combate à violência de gênero e à heterocolonização da vida, criticando, a partir da linguagem performática, a heterossexualidade compulsória; a normalização e colonização dos corpos e à homofobia institucional.

 *Venda de Comida Vegetariana Artesanal  + Banquinha de zines de várias iniciativas libertárias do mundo distribuídos pela Distro Dysca.

 SERVIÇO

Encontro de Formação – Cinema Libertário 

Exibição dos filmes: “Para Mudar Tudo: Um chamado anarquista” 7’32” – 2014 e “Corpo Transgressão” 28’14” – 2015. Em seguida debate com os coletivos Distro Dysca e Coite

Quando: 31 de maio (terça), às 19 horas.

Onde: Centro de Cultura Luiz Freire

– Rua 27 de Janeiro, 181 – Carmo – Olinda PE

Entrada gratuita

Realização: Federação Pernambucana de Cineclubes – FEPEC. Parceria: Centro de Cultura Luiz Freire – CCLF