Notícias

Nota oficial do Centro de Cultura Luiz Freire sobre cancelamento de eventos no nosso quintal

Casa-e-placa1-800x450O Centro de Cultura Luiz Freire lamenta informar que, até que tenhamos o alvará de funcionamento fornecido pela Prefeitura Municipal de Olinda (PMO), estamos impossibilitados de ceder ou alugar nosso quintal para a realização de festas, eventos culturais, prévias carnavalescas ou as tradicionais saídas de blocos locais que há décadas contam com nossa parceria na folia momesca.

Esclarecemos que demos entrada para o processo de renovação do documento em agosto de 2014 e que fornecemos toda a documentação necessária para que o trâmite burocrático seja concluído. Ainda no ano passado, antes mesmo do Carnaval, realizamos todas as obras necessárias para adequar o nosso espaço às exigências do Corpo de Bombeiros, tanto que, à época, esta corporação nos concedeu atestado de regularidade que está vigente até março de 2015.

Atuante há mais de 40 anos na defesa dos direitos humanos, da democracia, e na promoção da cultura pernambucana, o Centro de Cultura Luiz Freire tem, durante todos os meses do ano, colocado seu quintal à disposição para a realização de saraus literários, concertos com artistas locais e nacionais, espetáculos de teatro, e outros eventos realizados pela própria organização ou por parceiros. Nesses casos, o aluguel do espaço tem se tornado cada vez mais uma preciosa fonte de mobilização de recursos, que permite o funcionamento da casa, a abertura para reuniões, debates e seminários para a população, além da necessária incidência na luta pela conquista de direitos. Apenas no segundo semestre de 2014, 15 dessas atividades foram realizadas sem que se tenha registrado nenhuma reclamação formal por parte da vizinhança ou mesmo da Prefeitura.

Este ano, apenas nos meses de janeiro e fevereiro de 2015, havíamos previsto a realização de nove eventos, sendo em sua maioria prévias e concentrações promovidas por tradicionais agremiações carnavalescas de nosso município. Infelizmente, precisamos considerar TODOS ELES cancelados, até que nossa situação esteja regularizada perante o poder público local.

LEI DO CARNAVAL – Aproveitando a oportunidade, o Centro de Cultura Luiz Freire parabeniza a mesma PMO pela sanção da nova Lei do Carnaval (Lei nº 5927/15) que, entre outras coisas, proíbe a realização das chamadas “casas camarotes” que tornam-se na prática polos não-oficiais da folia, contratando artistas alheios à cultura carnavalesca, descaracterizando o carnaval e interferindo diretamente na mobilidade de quem vive aqui, além daqueles e daquelas pessoas que frequentam a cidade na intenção de acompanhar os blocos e troças tradicionais. Durante todo o processo de discussão da nova legislação, o CCLF esteve presente, sempre ao lado dos movimentos populares pernambucanos, defendendo os interesses da sociedade e as tradições do nosso carnaval. Esperamos, portanto, que a fiscalização seja rigorosa e que a folia – que acontece nas ruas – possa trazer para pernambucanxs e turistas, mais uma vez, uma experiência inesquecível.